Os primeiros dias de Clubhouse – a nova rede social só de voz

Clubhouse

Confesso que nunca tinha ouvido falar da rede social Clubhouse até ter recebido um convite para a mesma. Fiz uma pequena pesquisa e fiquei muito curiosa com o conceito de haver uma rede social em que não há vídeo e não há texto, as pessoas usam realmente só a sua voz para comunicar e debater diferentes temas.

Uma pequena tour pela rede social. Neste momento só se consegue criar uma conta se se for convidado, via número de telefone, e a app só existe para sistemas iOS (funciona em iPhone e iPad). Quando se entra na app, seleccionam-se uma série de interesses e também são sugeridas contas para seguirem. Depois de terem os primeiros temas seleccionados e seguirem as primeiras pessoas, na parte principal da app irão aparecer sugestões de salas para se juntarem.

Cada sala tem por norma um tema associado e podem ser criadas por qualquer utilizador. Podem criar salas em que convidam só pessoas específicas (que podem ser fechadas ao público) ou então salas públicas em que qualquer utilizador que veja a sala sugerida pode entrar. Existem também grupos dentro do clubhouse que podem seguir, que têm membros específicos com salas agendadas para dias e horas específicas que podem adicionar aos vossos calendários.

O grande hype da rede social tem estado relacionado com o facto de haver várias celebridades a participarem. E dado que as salas são públicas, acabamos a ter acesso a conversas e painéis de discussão de uma forma super natural e até “próxima”. Honestamente gosto do facto de não haver likes nem comentários. Cada pessoa pode colocar a descrição que quiser no seu perfil, criar ligação ao seu twitter e instagram e se existe alguma comunicação por escrito é através desses perfis. Já aconteceu estar numa sala com autores publicados em que eles ofereceram exemplares através da conta do instagram a participantes da sala que lhe deixassem mensagens no IG.

Voltando à organização das salas, cada sala tem um ou mais moderadores que pode eleger pessoas do público para on stage, isto é, pessoas que podem eventualmente intervir na conversa. Se entrarem numa sala e quiserem falar, existe a opção de levantar a mão e podem então vir a ser seleccionados a participar. Por norma esta organização já está mais definida, mas muitas vezes os convidados respondem a perguntas do público e então entra-se num sistema rotativo até as questões estarem todas respondidas.

É claro que é necessário reflectir sobre uma série de coisas quando se tem uma rede social neste formato. É necessário que haja uma forte moderação e que esteja sempre presente o respeito pelo outro. Sei que tem havido algumas polémicas e que já houve pessoas banidas do Clubhouse, portanto sem dúvida que deve ser algo que quem desenvolve a aplicação esteja a tentar perceber como gerir.

Resumindo: da pouca experiência que tenho com a aplicação tenho visto imenso potencial para diálogos interessantes. Há canais dedicados a empreendedorismo, BIPOC, saúde e bem-estar, cinema, ciência, literatura, enfim, tudo quanto a imaginação das pessoas quiser. Para quem está habituado ao sistema tradicional de imagem e texto, talvez estranhe, mas como já mencionei anteriormente, para mim é libertador não haver essa componente. Não sei se no futuro, à medida que a rede social cresce, essas funcionalidades serão adicionadas, mas honestamente espero que não, senão tornar-se-á apenas mais uma rede social como tantas outras.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide