[Diário de Bordo] Acordando os Chakras

Chakras

Queridos leitores, como tenho vindo a dizer nos meus posts sobre yoga, yoga é mais do que a prática de Asana. Existe a meditação os exercícios de respiração (Pranayama), entre outros elementos. Faço desde já o disclaimer que provavelmente vou usar imensos estrangeirismos quando falar de yoga porque toda a formação e todos os estudos que tenho feito são com professores internacionais e portanto há termos que ainda tenho de perceber como é que se traduzem para português.

Um termo que é fácil não ter que traduzir é chakras. Centros energéticos que começam na base na nossa coluna e que se estendem até ao topo da nossa cabeça, do nosso crânio. Há quem até diga que este último encontra-se ligeiramente acima do mesmo.

Porque é que decidi fazer este post? Porque apesar de os chakras serem um sistema que estudo há algum tempo, recentemente encontrei um programa composto por 7 classes e 7 meditações que para além de achar belíssimo, deixa-me sempre a sentir muito melhor depois de praticar qualquer das aulas ou da meditação. Ainda não é hoje que vos vou dar uma palestra sobre os chakras, o que cada um simboliza (apesar de a imagem que ilustra este post ser um bom início) e o que significa e quais as consequências de estarem (des)balanceados, mas se for do vosso interesse, deixem um comentário — ajuda à minha motivação. Eheh.

Voltando a recursos sobre os chakras, o programa ao qual me referi é de uma das subscrições de Yoga que tenho desde que fui viver para os EUA, o Inner Dimension TV. Chama-se Awakening the Chakras e é liderado pela instrutora Brittany Lynne. Se tiverem curiosidade, podem subscrever por 10 dias (atenção, isto não é publicidade, até porque eu própria subscrevi anteriormente) e experimentar. Eu já experimentei fazer as meditações em sequência, fazer meditação mais aula, e a verdade é que seja qual for a ordem pela qual escolha fazer os elementos, o importante é ouvir o corpo e tentar identificar o que está a precisar de atenção extra. Fica a recomendação.

Também a Allie, do canal Allie – The Journey Junkie, tem agora vídeos abertos no YouTube sobre os Chakras e como equilibrar os chakras, para além de outros vídeos de prática de Asana dedicados aos chakras. É um estilo um pouco diferente, mas as suas aulas são bastante estudadas e conscientes. Para quem segue Yoga With Adriene, na comunidade Find What Feels Good está a começar agora uma nova série de Chakra Chats com o Rey. Este primeiro vídeo apresenta-nos os chakra de uma forma sensível, consciente e filosófica.

Peço desculpa por a maior parte dos recursos que recomendei estarem por trás de uma subscrição, mas podem sempre aproveitar os dias grátis para consumirem o máximo de conteúdo possível! Como disse, havendo interesse eu posso começar a falar mais aqui sobre estes temas e até resumir as minhas aprendizagens. No entanto, quis na mesma fazer esta partilha porque volta e meia sinto um cansaço muito profundo e abordar cada um dos chakras, independentemente da crença que se tem, o que cada um simboliza e o que cada um abrange, faz com que se nutra como deve ser diferentes partes de nós. Até breve!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
1 Comentário
Mais antigo
Mais recente Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Joana
Joana
3 meses atrás

Querida Sofia,
Obrigada pelas recomendações! Gostei muito de ler este post e adorava ler o que cada um dos chakras simboliza e as consequências de estarem (ou não) equilibrados! Embora já tenha lido várias vezes sobre este assunto, é sempre bom rever a mesma informação escrita de outra maneira- sinto que cada vez que leio sobre centros energéticos as noções ficam mais presentes em mim.
Aproveito também para recomendar as meditações “Blessing Of The Energy Centers” (principalmente a IV) do Dr. Joe Dispenza, ajudam-me bastante 🙂
Namaste <3

  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide