Opinião: ‘Mandrágora – O Almanaque Pagão 2009’ de Gilberto de Lascariz (Coordenador)

Mandrágora – O Almanaque Pagão 2009 

Usos e Costumes Mágicos da Lusitânia

Vários

Coordenador: Gilberto Lascariz

Sinopse: Um Calendário para a Vivência da Alma durante o Ano.

Desde os calendários megalíticos aos almanaques sumérios, gregos e egípcios, que o Tempo era o mediador das fainas terrestres da vida agrária e pastoril e das fainas mágico-religiosas da vida da alma. A função deste almanaque é de restaurar através do rito e de uma nova consciência essa época arcaica em que homens, plantas, animais e deuses conviviam em harmonia.

Este é um calendário para viver o ano de uma forma artística, poética e mágica.

Trata-se de viver o ano não só com o corpo mas também com a alma. Por isso, era necessária uma nova linguagem e uma nova filosofia de almanaque. Aqui descobrirá não apenas como celebrar as festividades sazonais do ano pagão, mas também roteiros mágicos para a sua vivência mística, um calendário detalhado dos dias festivos pagãos ao longo dos 12 meses, bem como muitos outros assuntos e saberes tradicionais.

Opinião: Há semelhança do Mandrágora 2011 este Almanaque serve como guia para vivermos um ano em harmonia com os ciclos da natureza. Embora tenha sido concebido para os ciclos de 2009 em termos de datas, constelações e luas, tem muitos textos que podem ser lidos independentemente do ano em que se está. São livros que embora faça sentido ler no ano em questão, não se perde nada em adquiri-los mais tarde, caso não o tenhamos feito nesse ano.

O tema de 2009 foi ‘Usos e Costumes Mágicos da Lusitância’ e este volume presenteia-nos com uma série de textos sobre lugares ‘mágicos’ ainda existentes em Portugal, para além de como os festivais ainda são realizados em algumas zonas do país. Temos também quatro textos sobre quatro ervas mágicas como a Mandrágora e a Beladona e ainda nos é dado a conhecer quatro deidades lusitanas e os vestígios que ainda existem das mesmas em alguns locais/monumentos.

Está um volume muito bom e completo e não posso deixar de o recomendar a todos os interessados no assunto. Não pensem que por ser de 2009 está desactualizado e não tem utilidade. Contém bastante informação e factos sobre a presença dos costumes mágicos em Portugal. Muito bom.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
2 Comentários
Mais antigo
Mais recente Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
devil confessions
devil confessions
9 anos atrás

Há um deste ano:
http://www.zefiro.pt/livro_mandragora2012.htm

Será que também vale a pena?

Morrighan
Morrighan
9 anos atrás

EU tenho todos menos o deste ano porque ainda não tive oportunidade de o adquirir, mas todos valem a pena, sem dúvida 🙂

  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide

    Categorias do Blog

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!