Divulgação Porto Editora: Uma Esperança Mais Forte Que o Mar, de Melissa Fleming

Uma Esperança Mais Forte Que o Mar

Melissa Fleming

Prefácio: Rui Marques

Tradução: Ana Maria Chaves, Maria da Luz Rodrigues e Márcia Montenegro

Págs.: 240

Capa: mole com badanas

PVP: 16,60 €

Da autoria de Melissa Fleming, porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) e conselheira sénior do Secretário-Geral das Nações Unidas, Uma esperança mais forte do que o mar é uma chamada de atenção para a situação dramática por que passam milhares de refugiados sírios que procuram abrigo na Europa. É também uma história extraordinária de uma jovem corajosa, Doaa Al Zamel, e da sua luta pela sobrevivência. Esta narrativa começa nos primeiros dias da sublevação síria contra o governo de Al Assad, no “berço da revolução”, a cidade de Daara. Com o agigantar da repressão e da violência, a família Al Zamel perde todos os seus meios de subsistência e decide viajar para o Egito. Ali, após uma temporada de relativa tranquilidade, a comunidade em que se integram começa a ser perseguida, o que motiva uma drástica decisão: Doaa quer enfrentar o Mediterrâneo para tentar viver uma nova vida na Europa, longe da guerra. Esta fuga faz-se em barcos sem quaisquer condições, iludindo as autoridades. Após quatro dias a navegar, o seu barco é criminosamente abalroado e praticamente todos os ocupantes – 500 pessoas comprimidas num espaço exíguo – morrem. Durante quatro dias e quatro noites, Dooa ficou à deriva numa pequena boia, protegendo duas crianças, depois de ter visto morrer quase todos os seus companheiros de travessia. No entanto, a sua esperança e a sua fé eram maiores e mais fortes do que todo o mar. Este é um livro fundamental sobre esta crise humanitária e o testemunho de Doaa Al Zamel dá rosto à tragédia pela qual passam milhares de pessoas em busca de paz e de uma vida melhor.

LIVRO

Uma Esperança Mais Forte do que o Mar é uma chamada de atenção para a situação dramática por que passam largos milhares de refugiados sírios que procuram abrigo na Europa, tentando escapar a uma guerra que destruiu o seu país. Esta é a história extraordinária de uma jovem corajosa e da sua luta pela sobrevivência.

EXCERTO DO PREFÁCIO DE RUI MARQUES

Um dos nossos maiores erros quando olhamos para a «crise dos refugiados» é pensar em multidões em marcha, numa massa informe, onde só se perceciona ruído e se teme uma «invasão». Tenho para mim que essa imagem perturba a verdadeira compreensão do que quer dizer a tragédia de cada uma desta pessoas. As massas apagam as pessoas. Tiram-lhes a alma. Na verdade, deveríamos ser capazes de parar em cada uma destas pessoas, sem desviar o olhar, nem acelerar o tempo. (…) O extraordinário nesta obra de Melissa Fleming é ter captado esse ângulo essencial.

SOBRE O LIVRO

Melissa Fleming é a porta-voz mais competente que eu encontrei em 45 anos de vida política e profissional. Mas o que este livro demonstra vai muito para além disso. Ele revela não só o conhecimento profundo do tema dos refugiados em toda a sua complexidade, a inteligência das análises e o talento literário da autora, mas também uma extraordinária sensibilidade humana, um profundo empenhamento militante numa causa tão nobre e uma total solidariedade com os que sofrem, com os mais vulneráveis dos vulneráveis neste mundo cruel. Um livro admirável duma autora que o não é menos. António Guterres

AUTORA

Melissa Fleming é a Diretora de Comunicação e a porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR). Tem sido uma das vozes mais ativas no combate à indiferença, chamando a atenção para a grave crise humanitária que aflige milhões de seres humanos deslocados devido à guerra nos seus países de origem.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Subscrever
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide

    Categorias do Blog

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!