Literatura

[Texto Ana Cláudia Silva] a areia que não se move

não há areia que se mova por ti. não há onda que rebente sem olhar atrás sem adivinhar o que viveu. há o balanço interior …

Ler o Artigo →
Literatura

[Texto Ana Cláudia Silva] o itinerante

andamos sempre perdidos dentro das nossas cabeças a abrir e fechar gavetas. andamos quase sempre a olhar a vigiar os outros como a rocha vigia …

Ler o Artigo →
Literatura

[Texto Ana Cláudia Silva] aeromoço.

aeromoço.  depois de tudo depois de tudo o que depois de tudo o que vivemos por onde anda aquele papel principal por onde anda aquele …

Ler o Artigo →
Blog

[Texto Ana Cláudia Silva] o ser sonhador

o ser sonhador “acreditamos que as nuvens são para os sonhadores e que a sua contemplação beneficia a alma. Na verdade, todos os que contemplam …

Ler o Artigo →
Literatura

[Texto Ana Cláudia Silva] das tripas coração.

das tripas coração. ponho as mãos no coração. quero dar-te o que de bom há nele. dançando e mexendo os cabelos ao ritmo do vento. …

Ler o Artigo →
Literatura

[Texto Ana Cláudia Silva] da loucura à estabilidade

da loucura à estabilidade costumam dizer que a nossa casa é onde está o nosso coração. volta e meia surge no meu pensamento voltar a …

Ler o Artigo →
Blog

[Texto Ana Cláudia Silva] Simply Song #3

nos momentos mais inquietos da vida, sinto o doce sabor da tua pele. no toque, no cheiro.  no sal das tuas lágrimas que caem dos …

Ler o Artigo →
Blog

[Texto Ana Cláudia Silva] lost land

em silêncio e entre cartas, a viagem realizou-se de mansinho. entre as horas passadas em trilhos eléctricos, a dança corporal correspondeu a um toque suave …

Ler o Artigo →
Literatura

[Texto Ana Cláudia Silva] é sentada à beira-rio que te escrevo estas linhas

(e como diz o Galo: o amor é um abismo ismo, ismo, ismo. e faz eco. As Mil e Uma Noites: Volume 1, O Inquieto …

Ler o Artigo →
Literatura

[7 Anos Blogue Morrighan] O texto da Ana Cláudia Silva

Fotografia Ana Cláudia Silva Há cerca de um mês atrás, eu convidava os leitores a participarem no aniversário com material original, fosse livros, textos, o …

Ler o Artigo →
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide