Blog

[Cinema] Opinião: Tangerinas (Mandariinid), de Zaza Urushadze

A guerra pode ser retratada com o escaldão de toneladas de material bélico a explodir por todos os lados ou do sangue das batalhas na …

Ler o Artigo →
Blog

[Cinema] Opinião: Divertida-mente (Inside Out), de Pete Docter e Ronnie del Carmen

As notícias da falta de originalidade em Hollywood foram manifestamente exageradas. É verdade que os grandes estúdios já só apostam em sequelas, remakes, e filmes …

Ler o Artigo →
Blog

[Cinema] Opinião: Timbuktu, de Abderrahmane Sissako

Como vem sendo assinalado, o fundamentalismo religioso em tempos de globalização tem características emergentes. Dentro dessas novidades, a mais relevante não é o uso das …

Ler o Artigo →
Blog

[Cinema] Opinião: Enquanto Somos Jovens (While We’re Young), de Noah Baumbach

Não só no cinema, a acumulação de expectativas costuma trazer uma desilusão quase sempre natural, como efeito secundário de algo que, para começar, nem sequer …

Ler o Artigo →
Blog

[Cinema] Opinião: Deus Branco (Fehér Isten), de Kornél Mundruczó

Só o título já é todo um programa. Este filme húngaro (co-produzido também na Alemanha e Suécia) é uma grande metáfora, ou várias, sobre a …

Ler o Artigo →
Blog

[Cinema] Opinião: Respira (Respire), de Mélanie Laurent

O início de Respira insere-o logo num território muito confortável e reconhecível a um certo “tom” do cinema francês: o ambiente suburbano e o contexto …

Ler o Artigo →
Blog

[Cinema] Opinião: Ex Machina, de Alex Garland

Pelo título do filme e estética do cartaz poderíamos achar que Ex Machina é um thriller de ficção científica banal. É algo mais especial do …

Ler o Artigo →
Blog

[Cinema] Opinião: FORÇA MAIOR (Force majeure), de Ruben Östlund

“Force majeure” é uma expressão usada em vários domínios legais que engloba os actos do acaso – ou divinos – impossíveis de prever. São os …

Ler o Artigo →
Blog

[Cinema] Opinião: Ida, de Pawel Pawlikowski

Ida, de Pawel Pawlikowski Verifico com surpresa que Pawel Pawlikowski não é uma ostra. É um senhor polaco de quase 60 anos, bem conservado, com …

Ler o Artigo →
Blog

[Cinema] Opinião: The Zero Theorem (O Teorema Zero), de Terry Gilliam

Em The Zero Theorem o futuro é paranóico e caótico, construído em cima dos edifícios e das cidades antigas, em vez de os substituir. As …

Ler o Artigo →
  • Sobre

    Olá a todos, sejam muito bem-vindos! O meu nome é Sofia Teixeira e sou a autora do BranMorrighan, o meu blogue pessoal criado a 13 de Dezembro de 2008.

    O nome tem origens no fantástico e na mitologia celta. Bran, o abençoado, e Morrighan, a deusa da guerra, têm sido os símbolos desta aventura com mais de uma década, ambos representados por um corvo.

    Subscritores do blog

    Recebe notificação dos novos conteúdos e partilhas exclusivas. Faz parte da nossa Comunidade!

    Categorias do Blog

    Leituras da Sofia

    Apneia
    tagged: currently-reading
    A Curse of Roses
    tagged: currently-reading

    goodreads.com

    2021 Reading Challenge

    2021 Reading Challenge
    Sofia has read 0 books toward her goal of 40 books.
    hide